Patacala

Minha foto
O estudo como um todo me transformou num ser mais cult..., o quartel deu-me algum caráter, algo de austeridade, e bastante disciplina...A vida me transforma, ainda hoje, num ser mais responsável e feliz... Tenho que pôr para fora a historiografia do espaço que me cerca...por mim, por todos que me cercam, pelos alunos e pelos meus amados descendentes... Quem sou eu, afinal? Sou auditor, mestre, pesquisador, flamenguista e carioca....um tanto quanto crazy....mas impondo pitadas de juízo e seriedade, e retirando um outro tanto de rock´n roll, atesta-se experimentalmente, probabilisticamente e aprioristicamente que eu sou normal...
Reencontrar e lidar com um mundo de transliteração cerebral....passar e absorver opiniões...dialogar e transformar o abastrato em concreto...idéias...conhecimento...admiração...deve bastar até o fim dos meus dias...

Viajar é preciso....













--------------------------------------------------------------















sábado, 10 de setembro de 2011

Rock In Rio 1985 - Minhas Histórias

O Rock in Rio I, em 1985, foi sensacional...

Naquela época o Brasil era muito outro, acabávamos de nos libertar da infâmia da ditatura militar e neguinho estava com os nervos à flor da péle...principalmente os jovens....No mundo, era o Boom do Rock And Roll que estava ocorrendo, aliado ao Rock Progressivo...No Brasil, o Rock anos 80 estava vibrando, com várias bandas jovens, das quais o Legião Urbana foi a ausência mais sentido naquele idílico verão...

Eu tinha apenas 9 anos, e fiquei vidrado na televisão, assistindo o Nelsinho Motta enlouquecido apresentando Queen, Whitesnake, Nina Hagen, Barão e Blitz.... a banda que eu fiquei vidrado mesmo, assim com a Aline, foi o B´52´s, com suas cantoras com penteados à lá Bolo de Noiva


O mais maneiro de tudo era que no final de semana daquele Rock In Rio eu passei na casa de minha irmã Ana, que morava na época em Jacarepaguá, mais precisamente na Freguesia, onde moro hoje...pertinho da Barra e de onde eu podia ver os holofotes e escutar o som das bandas...é um bairro bucólico e arborizado.....guardo essa sensação até hoje quando passo na rua Ituverava...

Legal Tender....Demais!

Um comentário:

  1. amor, so faltou relatar o de 2001 que foi marcante demais tb até pelos acontecimentos como o nosso casamento kkkkk e o de 2011 que depois de 10 anos voltamos ao mesmo lugar onde faz parte com certeza da nossa história.

    ResponderExcluir

Não pare para pensar, o tempo é precioso! Comente!